Menu:

Síntese Informativa

           É um sistema socio-político, tendo por base a defesa do direito à igualdade de oportunidades, à livre expressão de pensamento, à participação livre da cidadania de todos os indivíduos, ao respeito pela diferença, o direito à propriedade privada, à participação democrática na escolha dos governantes, através de eleições livres e universais. E aos valores humanistas. Semântica do significado Socialismo reúne hoje um amplo consenso de que é hoje encarado como um pensamento que respeita e se adequa às necessidades da sociedade moderna, cujo eixo condutor é o trabalho para se alcançar a justiça, e a igualdade social, através de leis, perante as quais todos são iguais.

           Portanto, falar-se hoje em socialismo é associá-lo aos ideais da democracia, aos valores humanísticos, logo aos direitos humanos, no diálogo com todos, sem intransigências com as diversas correntes político-ideológicas e religiosas, colocando a ênfase na valorização da democracia política e social e na ideia de cidadania.

           O conceito de Socialismo hoje não é o mesmo do que o do século XIX, nem o mesmo da segunda metade do século XX. O socialismo de hoje, sobretudo em Portugal, mas também nos países da Europa onde vigora, evolui com a sociedade e a globalização. À medida que a sociedade foi mudando, as linhas orientadoras também mudam. Hoje, depois de Mário Soares ter assumido a viragem para o socialismo moderno, significa falar em democracia, no plano político, mas também na participação activa e decisiva de todos os cidadãos na sociedade a que pertence, com a generalização da educação gratuita, acesso à cultura, à justiça, ao direito de igualdade de oportunidades. Significa, assegurar uma vida digna para todos, segundo os seus ideólogos e defensores partidários.

           Para nós, que tentamos ter sido isentos, cremos que no mundo actual da globalização, no pós-modernismo tudo teremos que pôr em questão, desde a economia, à produção e distribuição da riqueza, aos pobres e deserdados da sorte que aumentam pelo mundo fora, às causas das crises, ao desemprego, pois não basta falar na construção de uma sociedade mais justa, mas pôr em prática efectiva, esses conceitos e modelos, para que todos sejam mais felizes neste mundo que é, obviamente de todos.